domingo, 30 de maio de 2010

Costa Rica Radical


Há duas semanas, recebemos visitantes ilustres aqui na Costa Rica: Cintia, Breno e Eduardo vieram do Panamá de férias, sendo que o último veio em clima de despedida já que na próxima semana inicia sua aventura de 111 dias pela América Latina.

Eles chegaram por aqui no sábado a tarde e até aí, nenhum roteiro estava definido, mas uma coisa era certa (ou quase certa): iríamos saltar do maior bungee jumping da América Latina no domingo seguinte.

Sábado tranqüilo, brasileiros reunidos, começamos a vaquinha para um strogonoff e claro, cervejas. Lotamos a nevera como dizem por aqui. Pura Vida! Entre vacilos na cozinha, risadas, cochilos, fotografias e vídeos (Hey Apple!), saímos a noite para um bar libanês e terminamos na casa de uns poloneses que assim como nós estão de passagem pela Costa Rica.

O bungee estava agendado para as 11 da manhã. Todos acordados, café da manhã leve para não pesar o estômago e um mix de medo e empolgação que só foi se definir mais tarde. Saímos em um grupo de 7 pessoas – cinco brasileiros, uma guatemalteca e uma canadense – rumo ao Tropical Bungee, uma ponte metálica de 80 metros de altura sobre o Rio Colorado, cerca de 1 hora de San José.




Antes de chegar na ponte, passamos pelo check-in. Começou o frio na barriga ao assinar o termo de compromisso e pagar os 55 dólares que incluía o salto, transporte, um DVD e o melhor – um certificado de coragem haha! Ok com todos os procedimentos formais, continuamos o percurso e ao ver a tal da ponte, o mix de medo e empolgação se converteu em medo puro, cagaço prá ser mais honesto. 





“Vamos, vamos rápido porque temos outro grupo que virá”, diziam os guias. E a pergunta que todos faziam era: quem vai ser o primeiro louco a se jogar disso aí? Não precisamos pensar muito. O Eduardo havia sido o único “corajoso” a pagar dois saltos de uma vez e, além disso, era sua despedida, portanto, dale Eduardo. 


Troca de roupa, faz o sinal da cruz, grava depoimento para ter como recordação.pisa na plataforma e caminha (com dificuldade) até o abismo. 5, 4, 3, 2, 1...e meu amigo desaparece pendurado pela corda que nesse momento, passa a ser sua única e melhor amiga. Muito bem! E essa seqüência se repetiu até chegar a minha vez.



Ao subir naquela plataforma minhas pernas já não me obedeciam mais, tremiam mais que em meu primeiro exame de auto-escola. Pensei 3 vezes em não saltar, voltar atrás e pedir o reembolso de 50% do valor pago. Mas como dizem por aí, se está no inferno abraça o capeta e a contagem regressiva por parte dos amigos me ajudou a fazer a maior loucura que já cometi até hoje. Fui! 












A sensação é indescritível, tudo muito rápido e intenso, mistura de medo e liberdade, cabeça um pouco tonta e vontade de pisar em solo firme. Valeu a pena a experiência e sem dúvida ficará na nossa memória como “histórias que contarei aos netos”. A vida é tão breve que vale a pena um pouco de loucura! Outras virão...

Confira aqui os nossos saltos, vale a pena:





7 comentários:

Renata Murari disse...

Se o bungee jump estivesse incluido nas olimpíadas já vejo uma proeminente equipe brasileira devidamente uniformizada.

que medo, meooo, tenho coragem não!
já me bastam as erupçoes na Guatemala hahahah

bj

Lulu disse...

eu nunca vou brincar disso. e que papo é esse de exame de auto-escola? vc fez um só, não passou e desistiu né? pq gente como vc não pode dirigir. a não ser q vc tenha uma caminhonete que caiba gaiola atrás kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk saudade de vc, mta mta mta

Mari[ disse...

Nossa, Celinhooooooo

Morri muito com se video. Senti o frio na barriga a cada pulo!

Não vou mentir q não neeeeeem q me pagassem hahaahha

Saudades
Beijokas, Xoxolê

rafaeℓa disse...

hahaha, pizzolo foi o ultimo!
o que tava com + medo?

quem nunca iria nisso? EU! o/
muita coragem!

Aline Mamede disse...

Eu ainda vou fazer isso na minha vida!!! =D
Muito massa, Marcelinho! Show de bola! Os vídeos ficaram muito legais! Muito engraçado a Cíntia mando um "pqp" em alto e bom som! hahahha
Beijos

Bárbara Teles disse...

Ah nem, fofo! Tá maluco!! Vi la em BH o video: nem a pau!!! =)

Aproveite, com segurançca :D

Marcelinho disse...

É gente, não foi nada fácil saltar hehe, achei que não iria mas no final valeu a experiência! Façam pelo menos uma vez na vida ;)